Cuidado com a clonagem de WhatsApp e transferências pelo PIX

O Sindicato alerta novamente a categoria para tomar cuidado com golpes praticados por telefonemas, e-mails, boletos falsos e, principalmente, pelo WhatsApp. A clonagem do Whats já era explorada por bandidos muito antes do surgimento do Pix, mas essa nova forma de pagamento torna o crime ainda mais eficiente. Alguns Servidores, infelizmente, perderam quantias em dinheiro por caírem neste golpe. Por isso deixamos algumas dicas a fim de alertar os trabalhadores.

CUIDADOS NECESSÁRIOS

Os golpistas buscam por formas de clonar o Whatsapp da vítima e, quando têm acesso à lista de contatos, começam a pedir dinheiro por meio de Pix. Neste caso, é necessário que os companheiros tomem os seguintes cuidados:

1 – Não informar códigos ou outros dados sobre seu Whatsapp para desconhecidos;

2 – Nunca clicar em links recebidos por e-mail, WhatsApp, redes sociais ou SMS para cadastro da chave Pix. Quando receber esse tipo de conteúdo, visite o site ou aplicativo do seu banco, ou entre em contato com a Central de Atendimento para confirmar se a comunicação é verdadeira;

3 – Não transferir dinheiro para amigos ou familiares que lhe solicite empréstimo sem confirmar que realmente se trata de um conhecido. Sempre confirme diretamente com a pessoa. Em muitos casos uma ligação pode evitar prejuízos financeiros.

O SSPMA alerta os Servidores para se precaverem de bandidos que tentam aplicar golpes por meio de contatos telefônicos, correspondências endereçadas, links suspeitos via e-mail, SMS ou WhatsApp. Esse tipo de fraude não é recente, mas exige persistente cuidado e atenção por parte de todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *