Atenção, Servidores | Votem na enquete sobre mudança de grupo do WhatsApp para o Telegram

Nosso Sindicato tem recebido vários questionamentos dos trabalhadores que não participam do grupo do WhatsApp, local onde compartilhamos as notícias da entidade e ainda retiramos dúvidas dos companheiros. Assim, como alternativa, podemos migrar para o Telegram, pois enquanto no Whats cabem apenas 256 contatos no grupo, o Telegram suporta até duzentos mil, o que agregaria ainda mais a categoria.

VOTE NA ENQUETE

Assim, para concretizarmos a ação, queremos ouvir a sua opinião, Servidor. Então, abrimos uma enquete no Facebook para que você possa votar. Ela ficará disponível até a próxima sexta, dia 31 de janeiro. Com o resultado em mãos, nossa equipe de comunicação, mediante o resultado, irá iniciar ou não o grupo na nova plataforma. Fique ligado!

“Creio que através do Telegram iremos agrupar a maior parte dos Servidores. Muitos ficam de fora do WhatsApp pela limitação do aplicativo e acabam não recebendo as matérias e postagens diretamente em suas mãos. Por isso, acredito que podemos melhorar nessa rede de contatos. Mas, para isso, a categoria é quem ira decidir. Não deixem de votar na enquete, companheiros”, afirma o nosso diretor de comunicação Alexssandro Sales, o Fião.

SAIBA MAIS SOBRE O TELEGRAM

Telegram é um comunicador instantâneo que permite a seus usuários trocarem mensagens de texto ou de áudio, bem como vídeos e fotos. Ele tem suporte para grupos, conta com um mecanismo de busca integrado para você buscar imagens na web e enviar diretamente para os seus contatos e até suporte GIFs.

Além de tudo isso, um dos principais destaques do Telegram está no foco que ele dá à privacidade. Apesar de questionamentos sobre a segurança geral do aplicativo serem recorrentes, ele apresenta recursos que permitem a você e seus contatos trocarem mensagens de maneira secreta.

Um chat secreto abre novas possibilidades para a conversa, como notificação sempre que alguém realiza uma captura de tela, a possibilidade de apagar um item enviado e também de criar um tempo para autodestruição das mensagens (ou fotos, áudios e vídeos) depois de serem visualizadas pelo destinatário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.