Justiça reconhece SSPMA como verdadeiro representante dos Professores de Americana

Em 2018, o SSPMA encaminhou solicitação ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região – 1ª Vara do Trabalho de Americana – com o objetivo de suspender a criação do sindicato dos professores de Americana (SIMPROAM). Na época, a Justiça suspendeu todos os efeitos deliberados na assembleia. Contudo, o processo 0012157-15.2018.5.15.0007 continuou em aberto. Agora, especificamente no dia 7 de março, a juíza Lays Cristina de Cunto concluiu o processo e definiu o SSPMA como único e verdadeiro representante de toda a categoria de Servidores, inclusive a dos Professores.

UNIÃO

O Sindicato reafirma o compromisso com todos os trabalhadores de Americana. Essa decisão prova, mais uma vez, a legitimidade de nossas ações em prol dos Servidores municipais. Assim,

TRECHO DA DECISÃO

A 1ª Vara do Trabalho de Americana-SP (…) julga PROCEDENTE EM PARTE os pedidos formulados pelo requerente, para declarar a ilegitimidade do sindicato-réu para a prática dos atos descritos no edital (…).

Nosso presidente Antônio Adilson Bassan Forti, o Toninho Forti, afirma: “Enfim, encerramos com êxito mais este processo. O SSPMA, em toda a sua história, sempre se engajou na defesa e representatividade do funcionalismo de Americana, o que inclui os Professores. Então, a sentença nada mais é do que a justiça sendo feita. Reafirmo novamente nosso compromisso com os trabalhadores e digo mais, devemos no unir a cada dia mais. Estamos em um período de dificuldades e somente juntos iremos superar este momento. Seguimos ainda mais fortes!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *