Redução do tempo entre doses do imunizante da Pfizer deve acelerar vacinação em Americana

O Governo de São Paulo anunciou na última quarta, dia 18, que vai aguardar o Ministério da Saúde enviar mais doses da vacina da Pfizer para reduzir o intervalo de aplicação da segunda dose do imunizante contra a Covid-19. Atualmente, o espaçamento é de 90 dias entre as doses. Com a confirmação da redução de 90 para 21 dias, 19 mil pessoas já estariam aptas a receber a dose final em Americana. De acordo com a Prefeitura, 30 mil pessoas tomaram esse imunizante.

O Liberal, jornal da região, fez uma reportagem no qual questiona a Prefeitura se uma eventual redução do intervalo impactará no aumento de pessoas com o esquema vacinal completo. “Aumentaria em torno de 45% de vacinados com a segunda dose”, revelou a Administração.

É SEGURO?

Vamos seguir a recomendação da redução do intervalo das doses da vacina da Pfizer. Nossos técnicos da Secretaria da Saúde entendem que é possível reduzir o intervalo entre a primeira e a segunda dose, como estabelece o próprio fabricante”, afirma João Doria .

ACOMPANHE A IMUNIZAÇÃO 

A evolução diária da vacinação em São Paulo pode ser acompanhada no site do Vacinômetro (https://vacinaja.sp.gov.br/vacinometro/). O painel tem dados detalhados sobre doses aplicadas por município, distribuição de doses, ranking de vacinação, ranking de aplicação das doses distribuídas, evolução da aplicação de doses e estatísticas gerais do PEI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.