Data-base | Confira os desdobramentos do SSPMA na luta pelo repasse inflacionário

Com o eminente fechamento da data-base de 2021, sem sinalização de acordo financeiro por parte da Administração, nós devemos olhar a situação e analisar todos seus aspectos. Por isso recordamos que nosso pedido na Justiça de reposição salarial do ano passado foi negado, pois a Prefeitura alegou não ter recursos para conceder este DIREITO aos trabalhadores. Conforme levantamento feito pelo SSPMA, o gasto com folha de pagamento no ano de 2020 foi de 45,97% da receita corrente líquida. Totalmente dentro da Lei Orçamentária e com possibilidade REAL de ser dado o repasse inflacionário para a categoria.

Exemplos de gastos e receita:

Janeiro de 2020 | Gastos R$ 35.833.392,06 / Receita R$ 119.797.787,90;
Fevereiro de 2020 | Gastos R$ 30.173.521,58 / Receita R$ 68.181.368,74.

Com isso, o Sindicato deixa claro que usará todas as medidas possíveis para viabilizar o repasse inflacionário dos Servidores. Quando tivermos qualquer novidade sobre o tema informaremos imediatamente a todos. O Jurídico está em plena atividade para não sermos prejudicados.

LEIA ABAIXO O ACÓRDÃO DE 2020 NA ÍNTEGRA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.